segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Decisivos: Deixando o D&D 4ed Mais Mortal

Na nova edição do D&D muita coisa mudou e não foi diferente com os queridos decisivos da 3.x ed, eles também foram modificados e  passaram da multiplicação do dano ( x2 e x3) da arma para o dano absoluto dos dados ( se a arma tem um dano de 1d8 seu decisivo é 8 ), esta medida tornou o decisivo menos mortal do que nas edições antigas, uma forma de equalizar a parada de dados, afinal o dano das classes cresceram.
Contudo, estava eu pensado com os meus botões em casa( expressão muito usada pela minha família materna hehehe) e tive a ideia de escrever este post com a finalidade de deixar o decisivo na 4ed um pouco mais mortal e por consequência o jogo bem mais emocionante e perigoso.
Assim, refleti um pouco e algumas ideias de modificações poderam florecer dentro de meu cérebro. A primeira delas não é muito original, mas é bem funcional porque acelera o combate e faz os jogadores se deliciarem com seus golpes e temerem o golpe dos inimigos, esta primeira medida trata-se apenas de multiplicar todo decisivo por dois, uma atitude simples que traz um baita estrago tanto para pjs quanto para pdms.
Depois de pensar nisso achei legal, porém    um tanto que clichê( além de curto) pra uma postagem, botei a cabeça para   funcionar e me lembrei  vagamente de algumas opções apresentadas no livro do Senhor dos Anéis RPG e acho que a idéia trazida pelo sistema coda é boa e pode ser usada no D&D.
 No sistema de Senhor dos Anéis os acertos decisivos poderiam ser resolvidos de dois modos : O primeiro como está sendo feito na 4ed e no segundo modo o livro dá diversas opções para substituição do dano, minha proposta é trazer um pouco desta ideia para nosso RPG  predileto, mas claro de uma forma mais potencializada.
Então agora eu trago a vocês algumas coisas que pensei para aprimorar os nossos decisivos:

* Com um decisivo o personagem pode inutilizar a arma de seus adversário
*Com um decisivo o personagem pode escolher abdicar de seu dano e tentar deixar o personagem inconsiente ( requer teste resistido For x jogada de ataque, se houver sucesso o personagem dismaia, se não metade do dano da arma)
* Com um decisivo o personagem derruba seu inimigo da montaria e causa metade do dano de seu ataque
*Se o adversario atingido por um acerto decisivo estiver sangrando o personagem  que o atingiu pode escolher decepar um membro do inimigo.
* Caso o inimigo só esteja com 25% de seus Pvs e for atingido por um acerto decisivo o personagem que o atingiu pode decepar sua cabeça.

As opções listadas logo acima, podem ser tratadas de duas formas a primeira semelhante ao sistema do Senhor dos Anéis, ou seja substituição de dano por efeitos, contudo esta regra só se enquandra de maneira racional as opções que não atingem diretamente os inimigos, dessa maneira acho mais racional, lembrando que apenas nas ações que causam dano direto ao inimigo, usar também o dano do decisivo.
Em relação ao dano acrescentado as opções que bolei, deixo para vocês duas propostas: A primeira manter o decisivo do jeito que foi proposto pelo livro do jogador  acresentando só os efeitos ou como já falei multiplicar o dano por dois e adicionar as opções que dei.
De qualquer forma a decisão tomada pelo mestre trará para um jogo um novo clima e muito mais carnificina, serei sincero em dizer que não testei nehuma das duas opções, contudo tenho um fraco pela segunda proposta ( decisivo x 2 mais efeitos) principalmente quando o grupo dos jogadores é muito grande ou muito poderoso, afinal o que é pior para um jogador  do que uma grande chance de mortalidade para o seu personagem invensivel cheio de poderes ( que demoram pacas para ser feito) metido a maioral?
Deixo com vocês esta postagem valeu pela consideração e comentários, por favor divulguem o blog e como diria o Tio Nitro Vamos jogar Rpg!

Até breve !