quarta-feira, 2 de novembro de 2011

E Quando o Mestre é Subestimado O Que Fazer?

Olá leitores e leitoras do blog estou eu aqui novamente para compartilhar com vocês ruminações sobre o nosso hobbie, hoje trago para vocês minhas simples reflexões sobre o que fazer quando você ou eu como mestre somos subestimados?
A primeira coisa que eu gostaria de dizer é quando as pessoas duvidarem da sua competência é chegada a hora de você surpreende-las. E para que isso de fato aconteça é preciso que certos cuidados e novas diretrizes sejam tomadas.
Mas, antes de partirmos para algumas dicas precisamos identificar de maneira geral os motivos que levam mestres  a serem subestimados. Um dos principais motivos é a inexperiência, outro ponto que causa antipatia por parte dos jogadores com o mestre é a falta de diálogo deste com os primeiros o que em consequência faz com que o último seja assim subestimado, diante desses pontos rudemente identificados vamos desenvolver algumas dicas.
Nem sempre quem parece ser fraco é fraco


Vencendo a Inexperiência


Quero dizer que quando falo de inexperiência aqui estou sendo bem abrangente, no sentido de que tento abarcar tanto mestres novatos quanto mestres relativamente veteranos que tem dificuldades com algum tipo de ambientação ou/e estão iniciando uma nova empreitada em um sistema desconhecido.
Diante deste panorama a grande dificuldade que se apresenta é a falta de conhecimento sobre a novo domínio, então o que podemos definir como primeiro ponto para que um mestre subestimado demonstre seus talentos é: demonstre conhecimentos e jogo cintura em sua administração.
Uma analogia bem útil é comparar um mestre subestimado a uma banda em sua primeira apresentação, a banda causará expectativa, entretanto muitos esperaram o seu fracasso desconfiaram do talento e colocarão o novo grupo em prova, este por sua vez deve inovar em sua musicalidade apresentar de maneira particular um gênero musical, o mesmo é aplicável ao narrador de RPG desconhecido e subestimado ele precisa demonstrar uma maneira particular e degustável de determinado jogo/gênero de RPG.
Para que isso ocorra não devemos de maneira nenhuma temermos adaptar grande obras, beber de bons autores, acho em minha humilde opinião que uma boa narrativa supera qualquer adversidade e em minha experiência de RPG no final das contas não é as regras que os jogadores normais buscam,mas sim uma boa história.




A aparências pode enganar hehehehe


Conversar e a Chave


Bem senhores o outro ponto que eu não canso de falar aqui no blog é a importância do diálogo, toco sempre neste assunto porque acredito que uma boa conversa é a chave para uma boa interação em jogos de RPG e neste caso não é diferente.
Sejamos então humildes,pois geralmente a galera que curte RPG é uma turma bem fácil de lidar, sendo assim acho que um mestre que está se sentido ou está nitidamente sendo  subestimado deve  conversar expor suas dificuldades e pedir algumas dicas ao seu grupo.
Caso a situação seja em uma evento nada melhor do que ser transparente deixando claro para o grupo as suas dificuldades e sua inexperiência confiando assim em sua história e no andamento da narrativa, caso o problema seja com a construção da história então o melhor é estudar as narrativas dos livros de literatura, filmes e histórias e quadrinhos para ganhar mais experiência, claro sem deixar de narrar para pegar a prática.


Davi e Golias, o jovem  baixinho salvou Israel


Outras Dicas para Impressionar Jogadores


Outras coisinhas que podem ajudar a impressionar os jogadores é uma boa interpretação, mudanças de voz e alguns sustos nos jogadores também ajudam, além disso, não podemos esquecer de recursos visuais mapas, miniaturas, marcadores ou qualquer parafernália rpgística.
Para finalizar deixo com vocês uma dica valiosíssima como dizia minha avó "cara feia é fome e comida conquista simpatia" então mestres de plantão não esqueçam de mimar os jogadores com um lanche, pois se vocês juntarem comida, sinceridade e esforço para superar suas dificuldades em prol de não serem mais subestimados, fiquem certos vocês terão mais que a metade do caminho conquistado.


E então senhores e senhoritas vocês concordam, discordam? Comentem e deixem suas opiniões