terça-feira, 19 de maio de 2015

FALANDO DE RPG: O RETORNO



Olá senhoras e senhores!!!!

Nós estamos de volta! Sim, o Falando de RPG retornou dos mortos muito por causa das pessoas que curtem, comentam e compartilham nosso conteúdo lá no Facebook ( ainda não curtiu nossa página? Corre lá https://www.facebook.com/falandodeRPG) uma turma que fez a página sair de 300 curtidas para mais de 1000 e que acabaram por me trazer o gás necessário para voltar para este espaço.

Sendo assim, aviso que voltaremos aos posts com dicas, acessórios achados na internet e suplementos autorais, além claro de algumas pitadas de humor, motivo pelo qual a página no Facebook cresceu tanto.

E para dizer que só fiquei no blá blá blá, eu deixo aqui um top 10 de posts encontrados em nossos arquivos para você já entrar no clima e saber o que vai encontrar ou reencontrar por estas bandas. 

Pensando em criar um mundo fora dos padrões tolkianos e orientais? Que tal dar uma olhada na mitologia indígena?

Precisando de alguns nomes, mas está sem ideia? Aqui está sua solução!

Quais são os elementos cruciais para tornar cenas memoráveis? Descubra em um dos nossos primeiros artigos

Cansado de jogos medievais voltados a exploração e assassinato de monstros? Que tal inserir elementos investigativos neles?

Como não desprotagonizar os jogadores? Neste post discutimos este assunto.

Se você não consegue fazer nada além de um bizarro boneco palitinho e mesmo assim que fazer as ilustras dos seus personagens, saiba que seus problemas acabaram

Gosta de Lovecraft? Gostaria de um jogo narrativo, rápido e gratuito sobre sua obra? Então clique no link e divirta-se.

Que tal um louvor sobre o privilégio de ser nerd? Saca aí e divirta-se

Uma discussão sobre a importância de sempre dar ao seu personagem uma boa história de início.

Achando difícil narrar em cenários bem estabelecidos como Senhor dos Anéis? Talvez esse artigo possa ajudar você