terça-feira, 11 de setembro de 2012

Caixa de Ideias: Despertos RPG, Regras e Ambientação

Olá senhoras e senhores! Hoje estamos abrindo uma semana especial, cheia de posts temáticos, que discutirão e apresentarão a vocês um pouco do jogo de RPG Despertos, que brevemente estará com seu primeiro play test disponível para download.
Mas, enquanto isso não se concretiza, resolvi fazer um conjunto de posts sobre o jogo explicando um pouco como ele se dará e do que se tratará, dessa maneira, este texto que vocês leem é o primeiro de alguns; e como primeiro tratará das regras e da ambientação do jogo, uma espécie de visão panorâmica do que ainda está por vir, então sem mais delongas vamos começar!

Desenho oficial do jogo feito por Roger Vieira

Despertos RPG e sua ambientação 

A primeira coisa que pode-se falar da ambientação é: Despertos é um jogo onde mortais tentam se tornar deuses. Após a descoberta de que a essência dos antigos deuses vive e se manifesta de maneira heroica dentro deles, alguns mortais "acordam" dos domínios do físico e do  material; e despertam ( daí o nome do jogo) para os resquícios latentes daquilo que um dia pôde ser chamado de eternidade e existência divina.
Estes resquícios são os  responsáveis pela própria vida do mundo natural; e são a última grande obra dos antigos deuses, um sacrifício do que era eterno para a manutenção do que era terreno, um último ato contra a grande fome de destruição consumidora, nascida do que posteriormente ficou conhecido como Mal ou Pecado; algo, que apesar de todo esforço feito pelos antigos deuses, continuou presente na essência de todas as coisas, trazendo toda a sorte de sofrimento e corrupção.
A existência não foi engolida pela destruição consumidora; contudo, com o fim da eternidade de todas as coisas criadas pelos deuses, surgiu o grande sono das almas, a morte. Com a morte, todas as coisas ganharam um fim e a busca por uma vida longa, pelo prazer ou pelo sonho da eternidade, tornaram-se portas  abertas,nos corações de todas as criaturas, para a entrada da corrupção, do Mal e consequentemente do sofrimento. 
Por sorte, ou previsão dos deuses, alguns indivíduos nasceram com mais resquícios divinos do que outros; e estes, chamados despertos, são, de acordo com uma discutível lenda, os únicos capazes de re-estabelecer a eternidade, evoluindo os dons que no decorrer da sua vida surgem, enfrentando as criaturas corrompidas pelo Mal e resistindo aos pecados, bem como a descrença que a própria vida gera com suas situações.

Despertos RPG e suas regras

O RPG Despertos é um jogo de regras simples, seu foco não está nas regras e sim na narrativa, na construção de uma história que conta como heróis venceram suas limitações e pecados, bem como, toda uma série de adversários externos até ascender a divindade.
Não existem níveis no jogo e a evolução dos personagens é mensurada através de dez atos históricos (aventuras, campanhas) chamados de Jornada, evoluir significa não apenas cumprir  uma jornada, mas também cumprir um Objetivo particular ao personagem dentro da Jornada, seguindo a risca sua filosofia, código de honra, ou no linguajar do jogo, sua Doutrina.   
Para tanto, os personagens tem como auxílio os  Dons, poderes que manifestam a grandeza divina contida dentro deles; e que seguem linhas determinadas chamadas no jogo de Caminhos. Além dos Caminhos e dos Dons, os personagens sempre têm em mãos Artefatos, itens que canalizam tanto seus poderes oriundos do Caminho escolhido, como poderes peculiares a sua própria natureza.
Os personagens não tem atributos no sentido clássico do termo, mas possuem uma série de qualidades inerentes as suas personalidades, chamadas Virtudes, possuem também um conjunto de qualidades, perícias mundanas, chamadas de Talentos. Além dos Talentos e das Virtudes, os personagens possuem as habilidades Poder e Milagres; a primeira utilizada para ataques e defesas; e a segunda utilizada para re-testes, cura e tomada da narrativa por parte do jogador.
Existe ainda a Vitalidade, que é a constituição do corpo e do espírito, o vigor da essência divina manifestada nos Despertos. Dividida em três níveis ( sadio, ferido, quase morto) com um conjunto de pontos fixos em cada nível passíveis de aumento conforme a evolução dos personagem.
Outras características importantes dos personagens do jogo Despertos são: Dúvida, Corrupção  e Pecados. A primeira se constitui como a descrença na própria natureza divina que o personagem detém, devendo ser testada sempre que o jogador sofrer uma falha crítica; a segunda mensura quanto o personagem já deixou-se levar pelos seus próprios pecados, cada falhar em um teste de resistência aos pecados gera um ponto de Corrupção; por última característica, temos o Pecado, que nada mais são do que as fraquezas morais que o personagem detém em seu interior e precisa continuamente vencer.
 Todos os testes são rolados com 1d12 e a maioria soma ou diminui um modificador circunstancial. Um 12 significa um sucesso automático e um 1 uma falha crítica respectivamente.

Por enquanto é isso pessoal espero que tenham gostado e não esqueçam de comentar