segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Minha Campanha de D&D

Bem, meus queridos 1d4 leitores estou aqui para escrever uma pequena sinopse de como se procederá a minha primeira campanha no novo d&d, infelizmente não consegui jogar no sábado, apenas um dos jogadores apareceu ( minha namorada) ficou para o proximo sábado então o jeito é esperar, mas eu não poderia deixar de escrever sobre esta tão ansiada e aguardada campanha por isso decidi explicar melhor como vai ser esta crônica, claro sem dar muitos detalhes então vamos lá!
A aventura terá o nome de O Retorno do Principe, nela os aventureiros farão parte da grande aliança rebelde de Asfort(uma das cidades-estado do meu cenário aguardem mais informações sobre ele) um grupo politico que tenta provar que o atual governante da cidade o Barão Deredor tramou contra a vida do principe-regente da cidade, Erion O Dourado e tomou o cargo através de malicias e chantagens.
Contudo, uma esperança foi plantada no coração dos integrantes da aliança rebelde, pois existe uma possibilidade do principe estar vivo, no entanto preso e sofrendo com rituais profanos e  muito dolorosos que serviriam para fortalecer e imortalizar o maligno vilão.
Mas, as coisas não são tão facéis, pois sangue  está para ser derramado, o Barão Deredor sussurra seus desejos e faz contratos com forças demoniacas a muito adormecidas,prometendo-lhes sacrificios pelos seus favores, assim maculado pelo veneno do mal, Deredor insitou a guerra entre Afort e Hadel(cidade vizinha de Afort) atentando também contra as tribos bárbaras nômades  que vivem no local.
Dessa maneira a aliança rebelde precisa ser mais rápida do que as intensões imperialistas do Barão Deredor salvando o principe e ainda  tendo de convencer a cidade de Hadel  e as tribos bárbaras  à não guerrearem esta  batalha sangrenta.
Será que a aliança será capaz de evitar a guerra e salvar o principe regente? Nos reporte de  minhas campanhas vocês saberão.