Pular para o conteúdo principal

Colaboração d'O Bardo - O Bardo em verso I


A ideia de fazer os versos é original dos tempos eu que eu jogava com o personagem Bardo Acorde. Fiz muitos durante a campanha. Depois cheguei a pensar em uma série de postagens onde falaria das classes e alguns versos viriam junto. As postagens não saíram, mas os versos ficam aí com o eterno ar zombeteiro de Acorde!

Não caçoe do arqueiro

Caçoe do arqueiro e viva para contar
Este bardo o desafia a esta demanda
Fale dele, mas corra para escapar

Quando a flecha voa, quando ganha o ar
Não há armadura, escudo ou habilidade
Que o ajude da pontaria escapar

Confiem em suas espadas mas ao andar não esqueça
Nunca fale que o arqueiro é fraco, mesmo que ele seja
Se o fizer, acabe com ele, pois vai querer sua cabeça
(Bardo Acorde)