Pular para o conteúdo principal

Reporte de Campanha: A Tumba de Kilin Parte 2



Olá pessoas! Estou de volta, depois de algumas turbulências na vida, e hoje novamente trago para vocês um relato de como está indo nossos jogos pelas bandas de cá, como quem acompanha sabe, meu grupo sofreu um cisão, graças as responsabilidades de adulto, e metade dos jogadores acabou deixando a mesa, apesar disso, ganhamos um novo jogador e este começou a jogar conosco nesta sessão. Bem, espero que vocês curtam e sem mais delongas, vamos para a aventura!

Personagens

Gimli (Luandy): Um jovem e rabugento anão guerreiro, que abandonou sua terra por vontade própria, depois que o seu mentor, um poderoso general, foi humilhado por um outro general anão que tomou o seu lugar. Desde esse tempo, ele seguiu à procura de situações que mostrasse ao mundo o seu valor.
Erestor ( Silas): Um guerreiro errante capturado por Orcs e levado prisioneiro para ser escravo em uma mina, que se viu no meio de um terrível embate na sua curta estadia no cativeiro.
Luís Matheus ( Sidney): Um jovem mago de apenas 15 anos que se viu na maior enrascada da sua vida, preso por orcs, sendo maltratado e forçado a cavar em uma estranha mina em uma terra distante.
Taylor (Bruno): Um mago misterioso, que acabou aparecendo do nada no grupo, graças a uma poção de teleporte que o livrou de três cavaleiros negros que o perseguiam aparentemente pelo simples fato de ser um mago.

Proposta da Aventura: Os principais objetivos dessa aventura se tornaram a sobrevivência do grupo e a busca pela saída da tumba, tudo isso em tempo hábil, para que os heróis cheguem a tempo de impedir o término da escavação do tenebroso corpo do enviado de deus. Ainda como objetivo de aventura, tivemos a inserção de um novo personagem, o Taylor.
Resenha da Aventura: Depois de enfrentarem os fantasmas de cinzas, os personagens descansaram um pouco e resolveram seguir pela escuridão com a ajuda dos anões, de acordo com a descrição dos anões, eles estavam em um pátio com vários buracos de um metro quadrado em forma de círculo nas paredes de ambos os lados.
De repente, uma luz invadiu a sala e materializou-se em uma pessoa, um mago chamado Taylor, houve um momento de tensão, mas logo interrompido por um ataque de aranhas, saídas dos buracos na parede, a luta foi intensa e alguns saíram feridos, mas Taylor lançou uma magia de sono que abateu os aracnídeos.
Após a batalha, o grupo resolveu deixar o mago viver, pois ele parecia ser de grande poder e tinha uma tocha, além disso, todos concordaram que derramar sangue sem motivo seria um crime terrível.
Todos então fizeram uma pausa e mostraram o mapa a Taylor, que com um ótimo senso de direção descobriu aproximadamente onde o grupo estaria localizado, diante da nova descoberta o grupo seguiu por um estreito corredor, que se revelou infestado de fungos luminosos e com um estranho conjunto de runas mágicas no chão, que ao serem lidas pelo mago ativaram algo em algum sala distante. 
Quando o corredor sinuosos havia ficado para trás, o grupo se viu em uma sala enorme e infestada de fungos e cogumelos, Erestor avisou a todos que não tocassem os cogumelos e o grupo iniciou uma cuidadosa caminhada por entre os fungos.
Mas de nada adiantou o cuidado, pois logo os cogumelos lançaram nuvens de fumaça venenosa e com tentáculos tentaram agarrar o grupo, houve luta, mas infelizmente para Taylor um dos tentáculos o golpeou, agarrando-o pela cintura e deixando-o inconsciente, para o desespero de todos os outros envolvidos.
Minhas conclusões: Esta foi a melhor sessão depois das férias que tivemos por causa do meu casamento, infelizmente foi bem curta, graças as turbulências da vida, ficamos de definir o resultado da batalha no próximo encontro, então podem esperar que breve haverão novos relatos.