Pular para o conteúdo principal

DICAS DE RPG: 3 Passos Simples para Aprofundar Personagens

Semana passada, um dos meus jogadores compartilhou comigo sua dificuldade de interpretação, seu problema era simples: como diferenciar os vários personagens que crio? Seu questionamento me levou a pensar imediatamente sobre a busca incessante pela individualidade dos personagens, o que em termos mais literários seria algo como encontrar a voz dele, ou seja, sua maneira de manifestação no mundo.


Existe um grande volume de material analisando a voz do personagem, como personagens se diferenciam e como se pode construí-lo com mais propriedade, inclusive no RPG. Aqui mesmo no blog existe um quantidade razoável de artigos sobre este quesito e provavelmente outros virão, inclusive este que você está lendo é um exemplo disso. 

Mas... voltando a dúvida do meu jogador, como não tinha muito tempo para conversar sobre ela, já que iriamos começar uma sessão, eu sugeri três passos guias para ele os quais ajudariam na formação da identidade dos seus personagens, são estes três passos que compartilho neste post a partir de agora.

PASSO 1- Escreva uma Frase que Define Seu Personagem

O passo mais básico para criar uma identidade guia é definir uma frase que identifique o personagem. A frase não precisa ser bastante trabalhada, apenas necessita definir algum tipo de guia que lembre ao jogador aquilo que o personagem é predominantemente, assim, ela pode variar de uma frase que expresse um relacionamento, um sentimento, uma profissão, uma posição, um status ou tudo isso junto.

Ex. João, casado e apaixonado por Maria, servo da bondade e bom de briga.

PASSO 2- Escreva uma Qualidade que Tenha Relação com a 1ª Frase

O segundo passo é estabelecer uma qualidade relacionada com a frase anterior, aqui o principal é exaltar uma característica que seja distintiva nas interações. Se a primeira frase expressa o que o personagem predominantemente é estabelecendo com isso limites de até onde ele pode ir até se contradizer, a qualidade guia o jogador por uma estrada que solidifique a primeira frase.

Ex. João é fiel a Maria, ele é empático e ajuda a quem for independente de quem seja.

PASSO 3- Escreva um Defeito que Tenha Relação com a 1ª Frase

O terceiro passo é criar um defeito que esteja ligado aquilo que o personagem é e que possa por isso colocá-lo em alguma complicação ao mesmo tempo que reforça sua identidade criando assim uma verossimilhança ainda maior e o enriquecendo dentro do jogo.

Ex. João é orgulhoso de sua perícia em brigas, ele também é meio esquentado.

CONCLUINDO

Criar um personagem é difícil e às vezes ele acaba sendo reflexo de nossa identidade ou de outro personagem que já foi criado tempos atrás, no entanto, saídas podem ser encontradas e elas devem ser buscadas se forem melhorar a diversão do jogo. Mestres, inclusive, têm um papel importante neste processo, pois cada vez mais que os jogadores se sentirem premiados pelas suas interpretações e personagens profundos, suas buscas por maiores recursos para enriquecimento desses aspectos serão muito mais frequentes. Por fim, como última dica, aconselho que você sempre esteja olhando seus personagens preferidos guiando-se pelos três passos demonstrados aqui, esse exercício tornará ainda mais fácil a construção dos seus próprios personagens.

Por hoje é só, até a próxima  e não esqueça de comentar!

Se você gosto não deixe de comentar.
Nos acompanhe também no Facebook: https://www.facebook.com/FALANDO DE RPG
Nos siga no twitter: @alvaroelisio
Torne-se nosso padrinho: https://www.padrim.com.br/FALANDO DE RPG