Pular para o conteúdo principal

RESENHA: Medievo RPG

Estamos mais uma vez online com um post novo e hoje o Falando de RPG retribui um favor e publica uma pequena resenha do jogo Medievo, escrito pelo Raphael do blog Mundos Colidem, blog da galera que testou e resenhou o nosso RPG, o Espadas Punhais.



Medievo é um jogo com uma proposta muito legal, ele é um RPG sobre a idade média, mais especificamente a baixa idade média, nele os jogadores encarnarão personagens que evoquem o clima do período e que enfrentem também perigos baseados nos fatos históricos reais, mas com uma pitada bem sútil de fantasia que deve rigorosamente seguir as lendas comuns da idade média. Assim não temos nada de magos, elfos, outros planos e mirabolantes situações comuns em outros jogos. E isso traz um gostinho muito interessante ao jogo.

Sistema de Jogo 

O  jogo é bastante simples e seu sistema utiliza dados de seis lados, que são rolados conforme as características dos personagens. Dados que apresentarem resultados de números pares são considerados sucessos e os ímpares, fracasso. Como se vê uma mecânica prática e fácil de aprender. As resoluções seguem o mesmo padrão de simplicidade e se apresentam como sendo bem rápidas também, nos testes resistidos quem obtiver a maior quantidade de sucessos vence; já em caso de testes que não sejam resistidos, utiliza-se uma tabela de níveis de dificuldade. Existem também regras para críticos. As ações são divididas em Resistidas, Não Resistidas e Livres e a explicação de cada uma delas é resumida e didática. 

Em eventos importantes, como um combate os personagens devem estabelecer a ordem de iniciativa determinada pela rolagem de 1d6. Os personagens também podem sofrer com aquilo que no Medievo é chamado de Condições, as quais trazem reduções dos dados dos personagens. Em caso de combate, a ação ofensiva e defensiva são tratadas como resistidas e assim quem consegue o maior número de sucessos vence e rola os dados de dano.

Criação de Personagem 

A criação segue o mesmo tom do sistema, ela é rápida e simples baseada em Aspectos que adicionam dados nas jogadas durante o jogo e que servem também como o direcionamento para a interpretação do personagem, especialmente sua personalidade. O histórico também é de grande importância no jogo e serve como a "argamassa" de coerência para todo o resto. Assim no processo de criação, um jogador de Medievo escreve seu histórico, define sua identidade ( nome, profissão [artesão, cavaleiro, clérigo, gatuno, navegante, saltimbanco],  sexo, idade e mentalidade [ religião e comportamento]), compra seus Aspectos que dividem-se entre aqueles ligados ou não a profissão, define ataque, defesa, armas e armaduras, anotam seu valor de Saúde, Vontade e Honra & Desonra.  

Minhas Impressões Finais

Achei a proposta do Medievo muito legal, o livreto, que ainda acompanha uma aventura introdutória, traz imagens da idade média que ajudam a passar bem o clima do jogo. Além disso, Medievo parece ser um ótimo RPG introdutório para novos jogadores e por isso acho uma daquelas introduções sobre o que é o RPG devem constar no arquivo final, já que este é só um playtest. A mecânica de jogo também é um ponto que deve ser elogiado, porque além de fácil para novatos ela é bastante intuitiva, assim como a construção da ficha. Alguns pontos que merecem ser mais trabalhados são a questão do gênero dos personagens ( mas só se a ideia for ser bem fiel mesmo a idade média), aumentar a diversidade de profissões e trabalhar um pouco melhor a Honra & Desonra bem como a característica identidade.

Enfim é isso e se você quiser conhecer o jogo clique AQUI


Se você gostou não deixe de comentar.
Nos acompanhe também no Facebook: https://www.facebook.com/FALANDO DE RPG
Nos siga no twitter: @alvaroelisio
Torne-se nosso padrinho: https://www.padrim.com.br/FALANDO DE RPG