Pular para o conteúdo principal

ESPADAS & PUNHAIS: Boitatá

Olá leitor e leitora, estou de volta, tentando movimentar o blog diariamente, enquanto houver inspiração para isso. Hoje, gostaria de compartilhar com você um dos monstros da mitologia brasileira que figurarão no livro básico do jogo Espadas & Punhais (Se vocẽ não conhece o jogo, pode conferir aqui, muita coisa mudou, mas ainda é possível sentir o espírito da coisa), a Boitatá. Resolvi colocar alguns monstros nossos porque o potencial dessas criaturas é muito grande, fora que, traz um outro tempero para o jogo, que se insere no gênero da fantasia clássica, mas, sem delongas, vamos ao monstro. 


Boitatá
Boitatá é uma gigantesca cobra-de-fogo, que mede até 15 metros de comprimento. Vive em florestas, lagos, rios e em cavernas, possui poderes mágicos e é considerada por muitos povos como uma entidade espiritual, podendo causar a morte instantânea, a loucura ou a cegueira naqueles que a encontram. 

Armadura:4 Movimento: 10 metros
Combate: +3/3  Mod. Teste: +2/2
Dano: Mordida ( 2D+4); Rabada (2D+5)
Vitalidade: 18

TALENTOS ÚNICOS
 
Causar Insanidade: Ao primeiro contato com a boitatá, todos devem ser bem-sucedidos em um teste de Espírito (ND 10). Caso falhem, os personagens ficarão 1D rodadas em estado de histeria, após esse período, eles adquirirão algum tipo de desordem mental permanente, conforme a descrição do mestre. 

Olhar mortal: Uma vez por sessão, a boitatá pode levar a morte um personagem apenas com seu olhar. Serpente e vítima devem fazer um teste resistido de Espírito, caso a boitatá seja bem-sucedida, sua vítima morre.

Corpo de Fogo:
Por ter seu corpo coberto de chamas mágicas, a boitatá expele cinzas e fumaça. Assim, a cada nova rodada, seus adversários necessitam passar em um teste de Força (ND 9) para não ficarem cegos ou sufocarem (sofrendo 1D de dano). Além disso, adversários que desferirem ataques corpo-a-corpo contra a serpente sofrem 1D+2 de dano por conta de suas chamas.