Pular para o conteúdo principal

REINOS & RUÍNAS: Ernost, a Cidade Reino Vigia

Depois de um hiato de posts, o Falando de RPG está de volta e hoje trarei um pequeno esboço de uma das Cidades-Reinos que compõe o meu cenário chamado "Reinos & Ruínas" que teve um mapa publicado aqui muito tempo atrás e que será o cenário oficial do jogo Espadas & Punhais. 

Pois bem, sem mais delongas segue o texto. Aprecie sem moderação. 






ERNOST

Nascida do tratado da Aliança dos Povos Libertos, Ernost está localizada mais ao sul e ao leste em comparação com as outras cidades-reinos. Ela é conhecida como cidade vigia do leste, pois seus territórios no sul fazem fronteira com as Planícies de Sangue e seus portões estão de frente para aquelas terras.

Sua arquitetura é majestosa. Os muros são altos, feitos de rocha cinzenta e formam um hexágono, eles são largos o bastante para que três homem montados passem lado a lado. Nas pontas, gigantescas estátuas de guerreiros se seguem com suas espadas empunhadas em direção ao centro da cidade onde sobre o castelo do rei, o ponto mais alto da cidade-reino, que como uma pirâmide se afunila, se tocam em saudação.

O povo da cidade é dividido entre Kaularianos e algumas centenas de Atarrins, astutos e muito rígidos, os ernostianos foram forjados dessa maneira pelas provações que a cidade tem enfrentado desde o seu princípio. Respeitadores das tradições, ao seu próprio modo, eles ainda cumpre com o antigo compromisso de prover ao Exército da Aliança soldados, no entanto, raramente aqueles que se juntam ao que foi o grande exército são dignos de honra ou mesmo de suas vidas.

Elfos e Anões costumam trafegar por Ernost pelos mais variados motivos já que os limites sulistas de Vanafdef, As Montanhas da Lança e os Montes Proibidos estão relativamente próximos. Carroceiros Halflings também costumam aportar na cidade, principalmente nos verões e nas primaveras. Meio orcs são olhados com desconfiança e vigiados de perto, tendo inclusive que obedecer um toque de recolher. Gnomos e Troca Peles são raros dentro dos muros da cidade, apesar de histórias que indivíduos ilustres de tais raças foram recebidos entre os Lordes Vassalos da cidade-reino serem comuns nas tavernas. Mas, em geral, pouquíssimos não humanos fazem de Ernost seu lar.

O governo de Ernost está nas mãos de Anarion, o bravo. Mas, a coroa está ameaçada, pois o único herdeiro de Anarion, o príncipe Arion, foi morto enquanto voltava de uma missão no oeste. Desde então, as diversas famílias nobres que juraram fidelidade a casa real de Ernost anseiam pela coroa e por vezes tais desejos impelem a nobreza para um jogo vergonhoso de mentiras e mortes, enquanto cada vez mais Anarion parece governar como se não fosse morrer.

A influência política da cidade-reino cobre diversas áreas no lado leste do Grande Rio, no vasto território dos Ermos Cinzentos, famílias antigas, que auxiliaram no estabelecimento da cidade-reino, vivem na figura de autoridade dos seus Lordes juramentados que erguem seus castelos sob a força da honra, ligando-os por vassalagem a Ernost em uma promessa para a guerra, para a lei, para a cordialidade e por fim para a fortuna.

De todos os feudos, três se destacam por sua grande importância, são eles: BontFord, do lorde Daear, o Loiro, responsável pelo caminho da ponte, uma espécie de passagem natural que permite a travessia rápida do Grande Rio; Goedwing, na fronteira com Vanafdef, do lorde Telfalas, meio elfo, responsável pela manutenção da estrada usada como rota comercial de Anões e Elfos. E, por fim, Blaen, no norte, do lorde Nerulf, o Provedor, responsável pela manutenção dos maiores pastos e plantações que estão sob o domínio de Ernost.


Atualmente, Ernost passa por problemas em suas fronteiras no sul, pois aquilo que os sábios da cidade-reino convencionaram a chamar de o Legado de Esloth tem se manifestado com investidas cada vez mais agressivas. As estradas estão cada vez mais perigosas e o mal se esgueira pelas Planícies de Sangue desejoso de multiplicar-se e tocar os territórios dos Ermos Cinzentos.

Obs. Kaularianos e Atarrins são etnias humanas.

Por hoje é só!
Se você gostou não deixe de comentar.
Nos acompanhe também no Facebook: https://www.facebook.com/FALANDO DE RPG
Nos siga no twitter: @alvaroelisio
Torne-se nosso padrinho: https://www.padrim.com.br/FALANDO DE RPG